Onde beber uns bons drinks no Rio #carotanaestrada

31/03/2018

 

 

O que não falta na Cidade Maravilhosa é opção de balcão para a gente tomar uns bons drinks. Anota aí as minhas dicas e aproveite cada gole! 

 

- Garoa (Leblon): É a minha atual parada obrigatória. O mais divertido e badalado balcão da cidade. A equipe do bar (Greg, Daniel, Igor, Alex e Pretinho Cereja) esbanjam técnica e simpatia. Não vá se você tem "algo para fazer mais tarde", se prometeu para o namorado que ia ficar bem longe da balada e que só ia tomar umas em uma barzinho qualquer, se não gosta de agito, de bebida boa e de gente bonita. Um salve para a Camila, a hostess que não tira o sorriso do rosto mesmo quando eu, com tom choroso, peço mil vezes uma cadeira no balcão. Não deve ser um trabalho fácil, mas ela tira de letra e até me deixa voltar lá no dia seguinte. 

 

- Xian (Bossa Nova Mall): Tem a melhor vista da cidade e ponto final. Nada como bebericar um negroni contemplando a Baía, o Cristo e o Pão de Açúcar. A carta, assinada pelo Rod Werner, é surpreendente. Para comer, o melhor da cozinha asiática. Adoro esperar o meu voo no Santos Dumont por lá. Palmas para o atendimento impecável. 

 

- Astor/SubAstor (Ipanema): Há anos o Astor é o programa preferido do maridão aqui no Rio. Perdi as contas de quantas vezes dividimos uma besteirinha de milanesa naquele balcão no nosso pós-praia. Se aparecer por lá antes das 20h, beba no Astor. Se for depois disso, siga até os fundos do bar e conheça o SubAstor, mas intimista e sofisticado, idealizado por Fabio La Pietra e executado por Plínio Joaquim. 

 

- Nosso (Ipanema): A carta, elaborada por Tai Barbin (que tem um canal bacanérrimo no youtube para você que adora dar uma de mixologista em casa), reverencia o rum. O ponto de destaque, ao meu ver, está ao lado do balcão, na cozinha. Nada melhor do que beber bem e ainda poder se deliciar com os pratos indefectíveis do Chef Bruno Katz. Na dúvida de qual andar ficar (o Nosso tem três), se jogue no primeiro, o do balcão. O local é um espaço multi, com exposições e intervenções artísticas e música boa ao vivo aos domingos. 

 

- Qualquer lugar onde Jonny Paes esteja: Eu conheci o Jonny quando, despretensiosamente, adentrei pela primeira vez o Nosso. Desde aquele dia, com simpatia de sobra e uma paciência de Jó, ele me explicou técnicas, me deu dicas de lugares bacanas para beber e me apresentou aos seus amigos. Esta lista não existiria sem ele, não mesmo. Ele foi do Nosso, está no Club Hippo... e a gente vai seguindo o cara por onde for. Bar bom é aquele que eu gosto de beber - eu adoro beber onde Jonny Paes está. 

 

No mais, uma dica geral que eu aprendi com o maridão há tempos: sente sempre no balcão e peça para o bartender escolher a sua bebida do dia. Jogue o cardápio longe e confie em quem está do outro lado, sem medo de ser feliz. Cheers! 

Please reload

FIQUE DE OLHO

COVID-19: ATIVIDADES SUSPENSAS

1/10
Please reload

POSTS RECENTES
Please reload

TAGS